Notícias

Fique por dentro das novidades

Cinco dicas de organização para oficinas

imagem_blog_01

Organização é imprescindível para qualquer negócio, pois permite que a empresa ofereça um serviço de melhor qualidade e contribui para agilidade e segurança dos colaboradores.

Em uma oficina mecânica, que conta com diversos materiais perigosos, a desorganização pode acarretar em acidentes ou danos aos automóveis dos clientes. Isso sem contar que itens bagunçados dificultam a localização e, consequentemente, a execução do trabalho. Então é preciso ficar atento às dicas de organização.

Não é apenas na rotina interna da empresa que a desorganização pode ter impacto negativo nos negócios. Um cliente que chegar em uma oficina e encontrar um local totalmente desorganizado acaba por ter uma impressão ruim sobre o ambiente de trabalho e a qualidade do serviço que pode ser entregue. E um cliente com uma impressão ruim tem consequências sérias para a companhia – a perda de uma venda ou a propaganda negativa junto aos seus conhecidos.

Neste artigo, separamos 5 dicas de organização que podem ser implantadas na sua oficina mecânica. Ficou curioso? Então acompanhe os próximos parágrafos e saiba como causar uma boa impressão.

1- Cuide da aparência do estabelecimento

A recepção é estratégica para os negócios. Contar com uma recepção organizada é uma forma de causar boa impressão nos seus clientes, portanto, a mantenha limpa, com espaço para atendimento e outro próprio para recepção. Um pequeno espaço confortável com café, água, revistas, jornais e Wi-Fi para as pessoas esperarem a revisão ou avaliação do seu veículo, é uma grande estratégia para atrair novos clientes. Banheiro limpo e cheiroso é fundamental para agradar ainda mais.

2- Reserve áreas de limpeza e inspeção

Os produtos acabados precisam passar por inspeção e limpeza. Um processo importante no trabalho de muitas oficinas, mas não é conveniente deixar junto das áreas principais de atuação, pois pode contaminar ou se misturar com itens que não foram finalizados ainda. Crie um espaço específico para os produtos finalizados e garanta que os seus funcionários saibam que, assim que terminarem um trabalho, devem encaminhar para o espaço específico de limpeza e inspeção.
Devolver o produto revisado e limpo ao seu cliente mostra que realmente você teve um cuidado especial com ele. Ter um espaço especial e limpo para armazenar os produtos prontos vai ajudar.

3- Verifique a utilização dos equipamentos de segurança

É importante certificar que os colaboradores utilizem equipamentos de segurança. Também é importante manter um espaço para que esses materiais sejam guardados – sejam eles de uso coletivo ou individual – evitando, assim, que eles se misturem com os outros itens da oficina, se percam e acabem não sendo utilizados.

Uma opção para tornar esse procedimento ainda mais organizado é investir em móveis para a oficina, como criar armários individuais para cada funcionário guardar seus EPI’s e objetos pessoais, torna o dia mais confortável para eles se preocuparem somente com o que realmente importa.

4- Organize as ferramentas

Os instrumentos de trabalho podem ser individuais ou coletivos, mas, em ambos os casos, é necessário ter um sistema de organização. Se for individual, é importante que cada colaborador tenha seu próprio local de armazenamento para guardar as ferramentas, evitando acidentes, extravios e um ambiente desorganizado, como por exemplo, ter uma caixa de ferramentas para esta finalidade.

Agora, se for de uso coletivo, organize as ferramentas por grupo e em locais específicos, e exija que os colaboradores, ao terminarem de usar um item, voltem com ele para o local de armazenamento.

Móveis para oficinas podem contribuir muito nesse processo, como um painel organizador de ferramentas. Mas, pela rotina da oficina, também pode-se investir em uma caixa de ferramentas com rodas, que facilita o uso e dá agilidade. Ter organizadores de ferramenta individuais ou coletivos, é muito barato em relação a quantidade de ferramentas que podem ser perdidas.

5- Use etiquetas

Parafusos, pregos, porcas, óleo, lubrificante, dentre outros itens, fazem parte da rotina de uma oficina. E eles também precisam ser organizados e guardados em um local que seja fácil de achar. Nesse processo, etiquetas podem ser bastante úteis – inclusive podem ser usadas para identificação no armazenamento de ferramentas.

Coloque essas etiquetas em gavetas, armários, prateleiras, painel para ferramentas ou outras estruturas usadas para guardar materiais próprios do trabalho facilita a organização. Assim fica mais fácil achar, usar, guardar e manter o espaço limpo e organizado e tudo no lugar certo.

O que achou dessas dicas de organização? E como tem feito para manter a sua oficina arrumada? Compartilhe nos comentários a sua experiência!

Voltar